I´m back!!! (again…)

ImagemQuem me acompanha nos últimos meses, sabe que o meu maior problema tem sido as constantes lesões.

É o querer ir mais além e ser constantemente travado pelos supostos infortúnios cuja origem vem de um passado desportivo nulo.

Felizmente que agora estou novamente de volta, claramente com um plano de treinos mais ajustado à minha condição física e consequente mais ponderado e equilibrado face aos meus objectivos.

Deixei de ter aquela “pressa e fome” de provas e passei a ter uma noção muito mais clara de um plano de treinos construído sobre rocha e não sobre areia.

Obviamente que tenho já objectivos e o primeiro grande é voltar ao cenário das meias-maratonas apontando as baterias para a de 06 de Outubro em Lisboa (juntamente com a Maratona do Rock!!!J)

Como tal tenho definido um plano de treino (espero não partir nada até lá) de umas longas 15 semanas divididas em duas grandes fases, uma delas de 3 semanas a “rolar” a que chamei de período “warm-up” e depois entrar em trabalho mais específico nas restantes 12.

Tenho claro, um tempo em mente, mas também tenho claro que o objectivo principal é acabar sem aquela dose de sofrimento na qual terminei a ½ do Douro Vinhateiro este ano.

Uma semana depois estava parado com uma lesão no pé direito e que me levou a pensar…basta!

Passaram as três semanas, onde estive a viver de “Reumon gel” e a delinear uma estratégia mais coerente com o meu actual estado físico.

Quando não se corre é um aborrecimento e passamos mais tempo sentados no sofá da “engorda” a ver televisão ou a navegar na web.

E foi nessas horas de navegação  que descobri o fenómeno na moda, chamado de ténis minimalistas e decidi arriscar gastar alguns euros nuns ténis deste tipo.

Depois de muitas análises, apanhei uma promoção engraçada e acabei por comprar uns Reebok Realflex transition 3.0 na qual me surpreenderam muito pela positiva.

Os primeiros treinos são estranhos, mas depois parece que são os ténis que se adaptam a nós e acabam por ser corridas muito interessantes.

Acabaram-se as dores nos pés e nos tendões de aquiles, somando a uma aparente diminuição das bolhas (outro dos flagelos de quem corre, em especial quando o índice de calor aumenta nesta fase do ano)

Resumindo estou muito contente com esta nova forma de abordar a corrida nos pés, se bem que gostaria de experimentar os Under Armour RC2 como complemento aos Reebok, mas ainda não os encontrei em nenhuma loja em Portugal.

 

Bons treinos!

Anúncios

One response to “I´m back!!! (again…)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: